Loading...

domingo, 14 de julho de 2013

sábado, 2 de março de 2013

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Eurípedes De Lima

">Procuro por EURIPEDES DE LIMA,meu sogro o qual não conheço,pois meu marido soube aos 29 anos que tinha um padrasto.
A família devido aos costumes japoneses ,não contaram a criança ,e ao descobrir o que se soube foi que ele conheceu minha sogra no mesmo local de serviço, a fábrica Miojo,ele morava na Vila Carrão,em São Paulo e trabalhava de motorista .Ele era casado e teve esse relacionamento com minha sogra a sra.Honória Moricita,ele já tinha filhos ,e acredito que por amar sua esposa lhe contou tudo,do relacinamento fora do seu casamento e do filho ,hoje meu esposo.
Sua mulher sabendo de tudo,ainda assim veio procurar minha sogra com o sr.EURIPEDES para lhe propor que criassem o filho com seus irmãos mas ,minha sogra não aceitou.Desde então ela nunca mais teve notícias  dele e da família isso aconteceu há 41 anos atrás.Meu esposo Alexandre Dario Moricita Miyagima perdeu as esperanças mas espero que alguém possa me ajudar .Desde já meu muito obrigada.

sábado, 19 de janeiro de 2013

Leito C-3,santa casa de misericórdia...

Essa é mais uma história de hospital. Engravidei, estava de teste de farmácia e exame de sangue na mão,e feliz sempre quiz outra criança... Comecei a ter sangramento ,ouvi muitas mulheres dizerem que era normal,já estava no terceiro dia quando uma amiga enfermeira ,Dalira de São gonçalo do amarante, me ajudou conseguindo uma ultrasonografia urgente.Já quero deixar aqui todo meu respeito e agradecimento pela amizade e pelo profissionalismo dela que é uma pessoa que admiro muito. Fiz a ultrason,e o médico dr.Fábio do núcleo de diagnóstico me disse que o embrião de 1 cm ,estava morto. Era só 1 cm, mas em meu coração infindável amor já cultivado na espera do bebê.Estava com minha irmã e prima,que me deram a maior força ,pois é claro que nessa hora perdemos o chão.Eu fui para a santa casa e lá recebi um resumo do que deveria fazer... Enfim aguardar dores de um parto normal e muito sangramento,para voltar ao hospital,e assim fiz.Quando voltei estava sentindo as dores e um sangramento intenso sabe,eu acho que certas mulheres exageram ao dizer a famosa frase ;´´Quase morri´´!,porque na verdade elas própias nem conheceram a morte. Não foi algo que eu não aguentasse,a pior dor é a perda do bebê. Tomei soro,fui levada para uma sala onde me aplicaram a rac,fizeram a coletagem e fui levada pro quarto onde fiquei das 12;30 do dia 13-01-13 ás 7;00 do dia 14. Leito C-3,C de Cátia ,3 de terceira vez de internação.Para quem tem curiosidade fica ai a dica nada de desespero nessas horas,recebi muito carinho das profissionais que lá estavam,se vc reclama com certeza não terá um bom atendimento,o meu pelo menos foi ótimo.

terça-feira, 27 de novembro de 2012

O lendário pássaro azul...

Sonhei com alguma coisa sobre o lendário pássaro azul,achei muito esquisito então armada de google lá vai a procura e olha o que achei,inacreditável isso é um alerta pra todos: sinopse do filme ''Pássaro azul'' : Mytyl (Shirley Temple) é uma menina mal humorada e que não dá valor à família que tem e aos amigos. Ela captura um pássaro e o prende em uma gaiola. Até que ela e seu irmão Tytyl (Johnny Russell) recebem com pesar a notícia de que o pai irá para a guerra e ficam tristes. Até então seu mundo é preto e branco. Até que ela recebe a visita da fada Berylune (Jessie Ralph), que diz que eles precisam encontrar o pássaro azul da felicidade, que pode estar no passado, presente ou no futuro, e com a ajuda de Luz (Helen Ericson), juntamente com a gata Tylette e o cachorro Tylo, agora transformados em gente, eles partem em busca do pássaro lendário. No passado eles reencontram os avós já falecidos, no presente eles são adotados por uma família rica porém egoísta, e no futuro eles veem a irmã que ainda terão. Ao retornar da viagem, ela descobre que a felicidade sempre esteve em sua casa, na figura do pássaro, agora azul, preso em sua gaiola. moral da história:Nós sempre procuramos a felicidade em milhões de lugares diferentes e ate vivemos lembrando o passado ou querendo prever o futuro o que precisamos mesmo é enxergar a nossa felicidade agora no presente e viver um dia de cada vez,amei ,rs!

sexta-feira, 4 de maio de 2012

Christy Brown


Christy Brown nasceu no ano de 1932 com caso grave de paralisia cerebral, e foi totalmente paralisado com exceção de um pé. Embora os médicos e pai do menino decidiram que a situação era irremediável, sua mãe nunca desistiu de seu filho. Christy tinha 12 irmãos e irmãs e seu pai era um pedreiro, com salário magro, mas ainda sua mãe lhe ensinou a ler ,escrever, e cuidou dele incansavelmente. Ele recompensou seus esforços e amor para a mãe por escrito com sua primeira palavra completa escrita com giz no chão. Começou a viagem real de Christy Brown, uma viagem que o levou através de ruptura do coração, dor, auto-piedade e para o sucesso como escritor, pintor .Meu Pé Esquerdo é a história sobre a vida inspiradora e magnífica de Christy Brown.

Daniel Day-Lewis interpreta o personagem-título de Christy Brown e o desempenho de um menino.O currículo Daniel Day está repleto de prêmios para os seus personagens , mas este é especial. Daniel sempre dá a cada um de seu personagem uma imagem única, com sua fisicalidade e entrega diálogos impressionantes. Ele vive o personagem com perfeição, mantendo sempre a expressão facial uma vez que ele deixou o seu rosto relaxar. Ele oferece um desempenho memorável que legitimamente lhe valeu seu primeiro Oscar como melhor ator.

Christy Brown com sua mãe
Brenda Fricker como Mrs Brown interpreta a lendária mãe de Christy Brown. Ela foi uma surpresa , Chrity Brown foi um grande homem e ver alguém segurar seu próprio pincel na frente dele era certamente novo. Embora a sua personagem era muito forte, muito apaixonada e extremamente poderosa, a honestidade e inocência que ela traz para o personagem é eterna.

DOMINGO ESPETACULAR CANIBAIS DE GARANHUNS E COMO ATACAVAM SUAS VÍTIMAS -...